Maicão Phelps!

Quase Todos os Cães Sabem Nadar, mas Alguns são Nadadores Profissionais

COMPARTILHAMENTOS

Existe um estilo de nado chamado cachorrinho. É um tipo básico, para iniciantes e não está nas competições oficiais de natação. Bom, já que tem esse nome, podemos dizer que todos os cachorro são nadadores naturais, certo? Errado.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10

Enquanto todos os cachorros vão instintivamente começar a remar com as patas quando estão próximos ou dentro d’água, isso não significa que todos os cachorros têm a habilidade de permanecer flutuando. O que determina o sucesso ou não da natação canina tem mais a ver com a forma do corpo deles.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-2

Você já deve imaginar, os cães que têm peitos grandes e largos em comparação com a parte traseira, pernas curtas e focinhos pequenos ou achatados têm mais dificuldade para flutuar. Em outras palavras, raças como Buldogues, Pugs e Dachshunds devem ser constantemente monitorados quando estão perto da água. Enquanto muitos ficam felizes brincando na água rasa, alguns afundam como rochas.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-3

Do outro lado, vemos que alguns cachorro foram criados para se destacar em atividades na água. Raças como o Cão d’água Português, o Cão d’água irlandês e o Labrador desenvolveram mecanismos ideais para nadar, como pele quase à prova d’água, membros longos e fortes e patas com membranas similares a pés de pato. Historicamente essas raças passaram grande parte do tempo delas na água acompanhando seus donos para apanhar objetos na água e fazer tarefas gerais no meio aquático.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-6

É importante notar que não é porque um cachorro foi criado para ser um bom nadador não significa que ele vai gostar disso. Já vi Cães d’água Irlandeses que não queriam saber de água.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-5

Se você percebe que o seu cachorro tem essa habilidade, mas não parece gostar disso, vá com calma. Há grandes chances do seu bichinho ter medo de água e é sua responsabilidade fazer com que ele veja que não precisa temer.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-4

Para fazer com que seu cachorro se sinta confortável na água, comece acostumando ele com partes rasas e, aos poucos, vá levando ele até áreas mais fundas usando petiscos e brinquedos. Siga esse método até ver que ele consegue se virar bem dentro d’água. Em algum momento seu cachorro se sentirá confortável para entrar e brincar sem necessidade de incentivar.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-7

Não importa se o seu cachorro é um Michael Phelps na piscina ou é um completo fracasso em ambientes aquáticos: segurança deve ser sempre prioridade. Um colete salva-vidas pode proteger cães que não têm aptidão para nadar, os que têm medo e também os que estão aprendendo. Além disso, entrar em ambientes aquáticos deve ser sempre uma atividade vigiada. Não deixe seu cachorro solto em quintais com piscina sem cobertura, por exemplo.

Screen-Shot-2016-06-01-at-10-1

Com a sua ajuda todos os cães podem aprender a curtir a água independentemente da raça, é só ter certeza de que seu cachorro gosta e pode contar com segurança. Quem sabe no verão seu cachorro não vira seu melhor companheiro de mergulhos?

Imagem em destaque via @lovedogsociety /Instagram

Referências: Huffington Post, petMD, Vet Street