Corra, Lola!

10 Coisas Importantes Para Notar Antes de Correr com o Seu Cão

COMPARTILHAMENTOS

Se você tem um estilo de vida ativo – e ao mesmo tempo quer manter um estilo de vida saudável para seu cachorro – correr juntos é uma ótima opção! Mas, muito como tirar uma boa foto, ou passar uma maquiagem nova, é melhor fazer um pouco de dever de casa antes de começar seus treinos com o seu peludinho. Creditando a conversa da GQ com o Tom Moroney, da equipe “Running Paws” de Nova Iorque, e apoiado por nossas amigas Dina Fantegrossi, uma técnica veterinária, e Shelby Semel, adestradora profissional, tá aqui uma checklist de coisas para manter em mente antes de começar a correr com o seu cachorrinho:

1-run1

1. Se você tem um buldogue (ou Pug, ou Frenchie) – Vai devagar!

Cachorros braquicefálicos têm problemas de respiração de pernas curtas. Eles não são raças ideias para corridas mais longas. O Moroney recomenda que se você for levar um desses cachorros com você pra fazer exercícios, tente só fazer uma caminhada mais rápida. Você também pode fazer treinos de intervalos – um trote por um quarteirão e caminhada nas próximas duas.

2-run2

2. Se você tem um filhote (ou cão meio doidinho) – Não corra!

Os filhotes precisam de pelo menos 8 meses de desenvolvimento ósseo, então seja gentil com eles! Nesse caso, você deve esperar pelo menos um ano antes de levar seu filhote pra correr com você. Além disso, a Shelby sugere que talvez não seja bom você correr com o seu cachorro se ele se empolga com muita facilidade e tem tendência a fugir do caminho. Nesse caso, o seu cachorro deve precisar de mais treino, antes de virar seu companheiro de corrida.

3-run3

3. Tá, já sei o que não pode – quais cachorros são bons pra correr? 

O Moroney nota que o fator chave não é o tamanho do cachorro, mas o comprimento geral das suas pernas vs seu corpo – o com as pernas relativamente mais compridas são melhores pra corrida. As top 5 raças para corrida são:

Moroney points out that the key factor isn’t the size of the dog, but the relative length of their legs to their body – with relatively longer legs making for better running partners. Moroney’s top five breeds for running: Ponteiro Alemão de Pêlo Curto, Golden Retriever, Labradores, Border Collies, e Huskies.

4-run4

4. Use uma guia normal, e pense na coleira e peitoral 

O Moroney sugere que que uma guia normal, e não aquela retrátil, porque a retrátil ensina o cachorro a sempre “pedir mais comprimento”. E um peitoral normal é tranquilo para usar na corrida, mas se você for correr muito com ele, pode comprar um especial de corrida, para reduzir o risco de atrito no bichinho. A Shelby também diz que é melhor ir com uma coleira que não aperte muito quando estiver correndo – ou seja, enforcadoras estão fora!

5-run5

5. Cuide das necessidades primeiro

A Dina recomenda dar uma caminhadinha rápida antes de correr, pra evitar paradas pra ir no banheiro enquanto vocês correm.

6-run6

6. Aprenda o idioma do seu cachorro

O Moroney recomenda que você preste bastante atenção em como o seu cachorro esteja se comportando e reagindo ao longo de sua corrida. Se ele tiver ficando muito pra trás, com a língua pra fora demais, ele deve tá cansado, então dê uma desacelerada! Se ele estiver todo arrepiado e as orelhas e rabo dele pra cima, ele deve tá ansioso com algum outro cachorro que esteja por perto. Quanto mais você conhecer o humor do seu cachorro, melhor será a sua corrida juntos.

7-run7

7. Você pode levar petiscos, mas não precisa ser o foco

Para muitos cachorros, a corrida já é petisco suficiente!

8-run8

8. Varia a duração e comprimento de suas corridas juntos 

O seu cachorro precisa de mais um menos uma hora de exercícios por dia (algumas raças mais, outras menos), mas isso pode ser em diversas formas – brincar de bolinha, cabo-de-guerra, ou simplesmente dançando a tarde inteira juntos. Se vocês estiverem correndo todos os dias, o Moroney recomenda uma corrida máxima de 8 km pro seu cachorro, por dia. E depois desses 8 km, tente fazer corridas mais curtas nos dias seguintes.

9-run9

9. Lembre que é a corrida ajuda o comportamento do seu bichinho. 

Correr ajuda o seu cachorro a gastar energia! Quando ele corre, ele não terá tanta vontade de comer coisas em casa ou virar a lixeira da cozinha.

10-run10

10. Segurança em Primeiro Lugar!

A Shelby sugere que usar roupinhas ou guias refletivas, é sempre uma boa se for correr a noite. E a Dina lembra que se você tiver mais alguma pergunta ou preocupação sobre correr com seu cachorro, veja com o veterinário dela antes de dar a largada!

Imagem em destaque via Men’s Fitness

Dica da revsita GQ