Erva venenosa!

23 Plantas que são Tóxicas para os Cachorros

COMPARTILHAMENTOS
  • Comigo-ninguém-pode: essa planta é completamente venenosa. Ela causa queimação e irritação na boca, lábios e língua, salivação em excesso, vômito e dificuldade para engolir.
  • Bem-me-quer: como assim uma planta com esse nome pode fazer mal? Sim, pode. Aumenta a necessidade de urinar, causa vômitos, diarreia e dermatites.
  • Alho: essa planta não somente vai dar mau hálito no seu cachorro, mas também vai fazer com que ele vomite, urine sangue, fique fraco, altere os batimentos cardíacos, deixa ele ofegante e abaixa o nível de hemácias no sangue. Então se você tem um cachorro e alho plantado em casa, muito cuidado!
  • Babosa/Aloés: faz um bem danado para o cabelo, mas para os cães... Essa planta pode causar vômitos, depressão, diarreia, anorexia, tremores e mudança de cor na urina.
  • Hortênsia: o que pode tornar as flores tóxicas? Uma substância chamada Glicosídeo cianogênico. Essas belas flores quando ingeridas podem causar vômito, diarreia e depressão.
  • Planta Jade: apesar comum nas casas das pessoas, o componente tóxico dessa planta é desconhecido. Sabe-se que ela pode provocar vômitos e abatimento caso ingerida.
  • Lírio da paz: a maioria das plantas da família dos lírios tendem a ser tóxicas para os cães, mas o lírio da paz é bem mais. Ele causa irritação na língua e lábios, dificuldade de engolir, vômito e salivação excessiva.
  • Azaléas: algumas plantas do gênero das rododendro, como esta, têm a graianotoxina. Se o seu cachorro ingerir, você pode encontrá-lo babando, vomitando, detectar sinais de diarreia, batimentos cardíacos fora do normal, perda de apetite, perda de coordenação motora e outros sintomas.
  • Hortelã: cheirosa e refrescante... mas nem tanto. Cães podem ter vômitos e diarreia se ingerir essa planta. Além disso, se uma alta quantidade for ingerida, pode causar sérios problemas no fígado.
  • Margarida: tão linda, mas tão tóxica. Essa flor tem substâncias como sesquiterpenos, lactonas, piretrinas e efeitos colaterais como vômitos, salivação excessiva e dermatites.
  • Jiboia: apesar da ingestão dessa planta não oferecer risco à vida do seu cachorro, ele pode ter vômitos, diarreia, dificuldade de engolir, ficar babando e ter irritação na boca.
  • Aspargo-samambaia: o componente tóxico dessa planta é a sapogenina, que pode causar dor abdominal, vômitos, diarreia ou dermatite alérgica.
  • Poinsétia/bico-de-papagaio: muito comum na decoração de casas e na época de Natal, essa planta tem toxicidade baixa, mas pode causar vômitos e irritação na boca.
  • Paeonia: essa planta produz a substância paeonol. Ela é venenosa não somente para cães, mas para gatos e cavalos também. Causa vômitos, diarreia e abatimento.
  • Tulipas: o maior perigo das tulipas está na ingestão do bulbo e aconselhamos levar seu cachorro no veterinário imediatamente. Essa flor pode causar excesso de salivação, vômito, diarreia e abatimento.
  • Taro: muito comum num país tropical como o Brasil, essa planta pode causar irritação na boca, vômitos e dificuldade para engolir.
  • Ciclame: salivação excessiva, vômitos e diarreia. Esses são alguns dos sintomas mais comuns que seu cachorro pode apresentar depois de ingerir essa planta. Além disso, pode causar ainda alteração no ritmo cardíaco, ataques epilépticos e até a morte.
  • Visco: essa plantinha pode causar irritação no estômago, colapso cardiovascular, dificuldade de respirar, diminuição dos batimentos cardíacos, vômitos, diarreia e, mais raramente, diminuição da pressão sanguínea.
  • Orégano: esse tempero que tanto amamos em nossas pizzas pode causar nos cães irritação no estômago, vômitos e diarreia.
  • Trevo: pode trazer sorte para nós humanos, mas não para os nossos cães. Só é perigosa se ingerida em grande quantidade.
  • Tomateiro: a solanina é a substância tóxica dessa planta e ela pode causar inúmeros sintomas. Se o seu cachorro ingerir, fique de olho nesses sintomas: excesso de salivação, irritação gastrointestinal grave, sonolência, diarreia, fraqueza, confusão, alteração comportamental, pupilas dilatadas e diminuição dos batimentos cardíacos. Ufa!
  • Narciso: apesar de bonita e a flor em si não ser tóxica, é importante ter cuidado com o bulbo, que pode causar vômitos, diarreia e salivação. A ingestão em grande quantidade pode causar convulsões, diminuição da pressão sanguínea, tremores e arritmia cardíaca.
  • Milho: não o milho em si, mas a planta que o origina. A substância do mal aqui é a saponina. Quando ingerida, o cachorro pode vomitar (com ou sem sangue), perda de apetite e aumento da salivação.

As plantas são nossas companhias e enfeitam os jardins e quintais das nossas casas. Os cachorros até se alimentam delas, mas algumas podem ser bem perigosas para os nossos amiguinhos. Aqui você vai conhecer 24 plantas que, talvez você não saiba, mas são venenosas e podem fazer mal ao seu bichinho de estimação.

Imagem em destaque via dogshaming com texto que diz “eu comi as plantas, desculpa”