Cãoriosidades

11 Raças de Cachorro que Você Provavelmente Desconhecia

COMPARTILHAMENTOS

Ao longo dos séculos, as pessoas criaram cães para serem companheiros, trabalhadores e bichos de estimação. Por causa disso, os cachorros são o tipo de animal com a maior diversidade de aparência que existe. Você provavelmente já sabia que os Labradores são retrievers robustos e de pelo curto, enquanto Dachshunds são pequenos, atarracados e temperamentais. Mas existem muitas raças raras que você provavelmente nunca imaginou.

11. Azawakh

O Azawakh é um cão caçador. Ele é muito raro fora de sua região de origem, a África Ocidental. Conhecido por sua agilidade e pelo jeito de andar como um felino, os Azawakh são tímidos por natureza, mas gentis e afetuosos depois que conhecem alguém. Ele é usado na caça de gazelas e outros animais de bando nos desertos africanos.

10. Cão da Carolina

Também conhecido como “Dingo Americano”, os Cães da Carolina são reconhecidos como a espécie canina mais antiga da América do Norte, aparecendo em pinturas rupestres dos povos nativos dos Estados Unidos. Os Cães da Carolina compartilham o mesmo DNA dos Dingos Australianos e do Cão-cantor-da-nova-guiné e mesmo que essa raça tenha sido domesticada, ainda há cachorros selvagens circulando por aí.

9. Cão Leopardo da Catahoula

Homenageado pelos povos norte-americanos nativos por sua incrível habilidade de caça, esses animais já foram os favoritos de caçadores famosos, como Theodore Roosevelt (26º presidente americano). O Cão Leopardo da Catahoula foi batizado após a Paróquia Catahoula na Louisiana, de onde a raça se origina.

8. Lundehund

Também conhecido como Cão Norueguês de Macareux, ele nasceu na Noruega e era usado pra caçar papagaios-do-mar, o Lundehund tem 6 dedos em cada pata, orelhas pontiagudas, que ele consegue controlar com facilidade, e a habilidade de inclinar a cabeça pra trás e tocar a coluna. Esse cão norueguês é diferente de qualquer outra raça.

7. Mudi

O Mudi é um pastor médio húngaro com um pelo grosso e encaracolado, e um focinho liso. Eles são raros do lado de cá do Atlântico, mas estão ficando populares pelo seu jeito verstátil e personalidade enérgica.

6. Mastiff Napolitano

Historicamente ele foi criado para lutar junto com os romanos vestindo armaduras com lâminas para que pudessem passar por baixo dos cavalos inimigos e cortá-los. Ele quase foi extinto no fim da Segunda Guerra Mundial. Depois que um pintor italiano construiu um canil para proteger esses cães enormes e os criou junto com mastiffs ingleses pra diversificar a linhagem, o mastiff napolitano evoluiu como uma raça e um deles até apareceu no filme Harry Potter, como animal de estimação do personagem Hagrid, batizado de Fang (o nome mastim é uma variação de mastiff).

5. Xoloitzcuintli

Pronuncia-se assim: sho-lo-its-cuint-li. Essa raça é normalmente chamade de “Cão Pelado Mexicano” ou apenas “Xolo”. Ela é tão antiga que já foi até cultuada pelos astecas. Nos Estados Unidos, chegou a ser confundido com o lendário chupacabra na região da fronteira com o México. O Xolo tem mantido sua característica de raça pura ao longo dos anos e é um cão muito saudável e resistente, que só precisa de um pouco de hidratante, protetor solar e banhos regulares.

4. Salish Wool Dog

Originário das regiões norte-americanas de Washington e da Colúmbia Britânica, o Salish Wool Dog está extinto. Esses cães eram pequenos e tinham pelo branco e longo, que os nativos cortavam como se fosse lã de ovelha para que servisse de material para tecer cobertores. Os animais eram criados em grupos de 12 a 20 cachorros e mantidos seguros em ilhas ou em cavernas trancadas.

3. Thai Ridgeback

Parecido com o Cão Leão da Rodésia, o Thai Ridgeback tem uma linha de pelo que cresce em direção oposta à espinha dorsal. Esses temperamentais e vigorosos cachorros são usados como guardas de gado na Tailândia.

2. O Pachón Navarro

Com um nariz que parece um cano duplo de revólver, o Pachón é um extremamente raro cão de caça espanhol que antes acreditava-se que tinha habilidades superiores de faro. Mas hoje os criadores sabem que o nariz deles tem apenas um formato diferente e não dá nenhum tipo de vantagem sobre outro cão.

1. Mastiff Tibetano

Esse é um tipo grande, destemido e tradicionalmente criado para o pastoreio em vilas. Um exemplar dessa raça foi recentemente vendido na China por R$ 3.8 milhões e se tornou a venda de cachorro mais cara da história.

Fonte da imagem de destaque